9 métricas do EdgeRank para bombar no facebook

9 métricas do EdgeRank para bombar no facebook
16 de julho de 2014 Willian Baldan

Neste post você vai aprender os 9 critérios mais importantes para o facebook impulsionar suas publicações sem te cobrar um centavo

 

No artigo passado fizemos uma introdução sobre o EdgeRank do facebook. Se você não sabe do que se trata, veja neste artigo em poucas palavras o que é e como ele afeta sua vida na rede social.

Você certamente já teve uma ideia de post que “poderia bombar” e parou para preparar, pensou bastante, escreveu, escolheu uma boa imagem, analisou a polêmica, postou e ficou aguardando as notificações… Então percebeu que ela não estava tão boa assim ou que as pessoas não se interessaram por aquilo como você imaginou.

Isso acontece porque não sabemos os critérios que o facebook usa para mostrar sua publicação às pessoas. Sabemos o básico, como horário, afinidade e curtidas mas não sabemos onde está o grande porque e como. Veremos isso em detalhes a seguir.

 

Neste post você vai ver 9 métricas do EdgeRank:

  • 1 – Você é um número
  • 2 – Imagem ou texto?
  • 3 – Tempo de interação
  • 4 – Funções do facebook
  • 5 – Decay
  • 6 – Feedbacks negativos
  • 7 – Inbox
  • 8 – Curtir o próprio post
  • 9 – Textos curtos ou textos longos?

1 – Você é um número

O EdgeRank acumula pontos para calcular a relevância das coisas para você. Exemplo: – A  página da RedBull pode ser um 30 para você e seu melhor amigo 550, logo, seu feed deve mostrar mais coisas do seu amigo do que da RedBull.

Do mesmo modo você é um número para os seus amigos.

 

2 – Imagem ou texto?

Post com imagem tem mais engajamento, e post com apenas texto alcançam mais pessoas.

Esse é um critério utilizado para não deixar que o feed de notícias fique parecendo um site de propagandas, cheio de imagens e textos espalhados por todos os cantos.

 

3 – Tempo de interação

Quanto mais tempo se leva para concluir uma interação, maior é o seu peso. Logo, comentários valem mais que curtidas e até compartilhamentos.

O peso de cada interação (curtida, comentário e compartilhamento) não está no número de pessoas que ela vai alcançar, mas no tempo que você dispõe para fazê-la. Isso quer dizer que como a maioria pensa, um compartilhamento não vale mais que um comentário para o EdgeRank.

Porque é muito mais fácil curtir ou compartilhar do que parar, pensar e escrever.

4 – Funções do facebook

Quanto mais elementos e funções do Facebook você usa, melhor.

As funções “se sentindo maravilhoso” , foto, vídeo, localização, com quem você estava etc, conta no Edge, quanto mais funções você usa, maior será o alcance do post.

Talvez para incentivar o uso dos recursos, ou simplesmente porque para usar mais recursos requer mais tempo, o EdgeRank entende que esse post tem mais qualidade e o mostra para mais pessoas.

 

5 – Decay

Quanto mais interações você recebe imediatamente após uma publicação, mais pessoas ela alcançará.

O decay é o critério de pontuação que eleva e diminui a relevância do seu post conforme o tempo passa.
Imagine um post que viralizou em 2011 aparecendo com frequência para você até hoje.

O decay tem a função de aumentar e diminuir o EdgeRank do post conforme o tempo. Então interações imediatas são muito mais interessantes que interações horas depois.

Para entender perfeitamente o decay, imagine que seu post foi ao ar com um EdgeRank de 12, 3 horas depois o EdgeRank dele havia caído para 6, e nesse momento ele recebeu interações e voltou para 12. Se após essas interações nada mais acontecer, amanhã ele estará em 0 mas ainda existe a chance de um amigo visitar sua linha do tempo e interagir, nesse caso o post é ressuscitado e o EdgeRank dele sobe novamente, mas não com a mesma força que subiria se tivesse recebido essa interação minutos após a publicação.

 

6 – Feedbacks negativos

Marcar pessoas em conteúdo irrelevante gera feedbacks negativos, isso conta e você perde pontos.

Isso acontece quando as pessoas clicam em “desmarcar da publicação, remover da minha linha do tempo e etc”. Logo, não crie o péssimo hábito de criar eventos e ficar comentando o nome dos seus amigos para que eles vejam.

Use esse recurso apenas para marcar pessoas tenham algum interesse ou envolvimento real por aquilo, ou você perderá pontos e o seu EdgeRank cairá drasticamente.

 

7 – Intimidade

Uma das métricas mais fortes do EdgeRank é a intimidade, quanto mais você se conecta e se relaciona com determinada pessoa, mais íntimo você é dela e maior a chance de você se interessar pelo que ela posta.

Exemplos de interações são as conversas em inbox, curtidas e marcações em publicações.

 

8 – Curtir o próprio post

Ridículo quando uma pessoa posta algo, ninguém curte e vai ela mesma lá e da um like para não ficar em branco.

O pior é que curtir o próprio post conta no EdgeRank. Acredito que esse seja um defeito que deverá ser corrigido em breve.

 

9 – Textos curtos x textos longos

Textos curtos atraem mais curtidas e textos longos mais compartilhamentos.

É meio relativo isso, mas quanto mais você demora para postar, maior deve ser o texto, e só gasta tempo lendo o seu texto grande quem se interessou e provavelmente se identificou, a consequência é a interação, geralmente o compartilhamento.

 

Conclusão:

Com isso tudo em mente fica mais fácil fazer uma publicação bombar ou apenas alcançar mais pessoas. Vale ressaltar que são ações inteligentíssimas do facebook para manter os usuários ativos. No próximo artigo sobre EdgeRank vou mostrar como você pode medir o EdgeRank de suas páginas e descobrir qual o melhor horário para postar. Te vejo lá ;)

Shares

Comments (0)

Deixar uma resposta

Pin It on Pinterest

Shares