Categorias e tags WordPress. Como utilizar

Categorias e tags WordPress. Como utilizar
25 de setembro de 2013 Willian Baldan

[vc_column_text pb_margin_bottom=”no” pb_border_bottom=”no” width=”1/1″ el_position=”first last”]

Categorias e tags WordPress. Para que servem?

Fato é que grande parte dos blogueiros não sabem para que servem as categorias e tags do WordPress e acabam as utilizando de forma inadequada. O que se torna um grande problema.

Usar categorias e tags erroneamente pode trazer inúmeros efeitos negativos. Sejam eles de usabilidade, organização, posicionamento nos buscadores, entre outros.

[wp_bannerize group=hotmart categories=10,11,12,90,15 random=1]Antes de sair adicionando categorias e criando tags em seu site/blog, entenda que categorias servem para estruturar e organizar o conteúdo, principalmente para o usuário. Ninguém gosta de ficar caçando um artigo em meio àquele Fuá de informações, por isso você deve fazer bom uso desses recursos. Uma experiência de navegação fluída é crucial para um negócio bem sucedido.

Você sabe que se o usuário não consegue navegar ou encontrar a solução para o problema dele em seu site, partirá pra outro e possivelmente não voltará mais. Portanto, empregue corretamente esses recursos, tenha cuidado, atenção e pesquise.

 

Como empregar as “categorias”

As categorias devem ser empregadas como setores de informações, quando um setor possui muita informação e diversas ramificações, você deve criar subcategorias, ou seja, subsetores.

categorias-no-wordpress

 

Como empregar as “tags”

Tags são como palavras/termos relacionados ao assunto. Imagine que você esteja falando sobre “Ganhar dinheiro online” e seu título seja “Como ganhar dinheiro na internet”; Usuários que pesquisam por isso podem escrever de forma diferente, como “Trabalhar em casa pela internet”, “Trabalhar online” entre outros. Porém, seu artigo é relevante para todas essas pesquisas, como mostrar isso aos buscadores?

tags-no-wordpress

Você deverá adicionar em tags, diferentes termos que eles podem pesquisar onde seu artigo traz a solução, é relevante, RESOLVE. O WordPress se encarrega em alguns “themes” de criar uma URL para cada tag, fazendo com que seu site apareça mais para os buscadores e tenha melhores resultados de tráfego orgânico.

É importante que você limite a quantidade de tags em cada post a 250 caracteres, para fazer isso você pode usar um contador de caracteres gratuito da Agencia Mestre

 

Para entender melhor, assista o vídeo abaixo onde explico passo-a-passo como organizar as categorias e tags dentro do WordPress.

 

Conclusão

Empregando corretamente esses conceitos, o usuário encontrará até a agulha no palheiro e quando sair de seu site, estará feliz da vida por ter encontrado a solução para o seu problema. E acredite, quando você resolve um problema de alguém, essa pessoa o procura novamente para os próximos. É assim que o seu blog não dependerá de buscadores nem redes sociais para conseguir tráfego.

Lembre-se de compartilhar essa informação, curtir e se tiver dúvidas, comente aqui mesmo que te auxilio pessoalmente. Se você tiver mais informações sobre esse assunto ou quiser fazer alguma observação, por favor faça. A web muda muito rápido e a colaboração de todos é fundamental para mantermos um conteúdo de qualidade.

[/vc_column_text]

Shares

Comments (0)

Deixar uma resposta

Pin It on Pinterest

Shares